BEDA#27 - Minha motivação para o emagrecimento.

Bom dia!! 😊
Sim, eu furei o BEDA mais três dias...Ô céus!!

Eu estava cansada mentalmente e fisicamente, na quinta e na sexta eu sai de casa as 6h00 e voltei depois das 23h00, sem condições de nada além de um banho e cama. E sábado, bom sábado eu quis realmente descansar e hoje eu voltei :)

Depois das desculpas, explicação vamos ao assunto do post de hoje.
Uns dois meses atrás, conversei com o marido e resolvi investir uma grana em um coaching de emagrecimento e no fim das contas, para mim, não esta fazendo efeito algum 😕

Meu marido é acadêmico em psicologia, formado em hipnose e tem o curso de practitioner pnl, e eu acredito que todas as técnicas funcione, ele não quis aplicar o tratamento em mim pois achou que o conhecimento dele ainda é pouco para um caso como o meu. Então procurei essa clínica que é bem conhecida e resolvi investir em mim.
Porém os resultados PARA MIM, não foram satisfatórios e estou a um pé de desistir do tratamento. O investimento é alto e depois de 5 sessões sem resultados estou com medo de continuar e perder o restando do dinheiro, eles devolvem todos o dinheiro das sessões que não passarei.
Não irei dizer o nome da clínica, pois eles fazem um bom trabalho, são honestos, só que pra mim não funcionou. Não sei o motivo, talvez pela minha resistência, por eu ter ido empolgada demais, não sei mesmo.

Porém, meu marido gravou um áudio, que eu escuto a noite antes de dormir e que  esta fazendo com que eu me sinta focada novamente e chegamos a conclusão, que o que me falta é motivação.

Eu quero emagrecer por vários motivos, como poder ter mais disposição para andar, comprar roupas mais facilmente, viajar com mais conforto, sentir menos dores, menos cansaço enfim vários motivos.
Porém, nenhuma dessas motivações são suficientes, pelo simples motivo que:

  • Eu não tenho problema em ser gorda, não tenho problema com meu corpo;

Quando viajamos para fortaleza, botei meu biquíni e curti muito o sol
  • Hoje, comprar roupas de gorda não é mais tão difícil, apesar de eu ficar de olho nas roupas de magra, sempre acho outras que eu gosto;
Adoro vestidos longos e é sempre fácil achar uns bonitos do meu gosto
  • Quando vamos viajar, mesmo gorda e cansada eu ando pra caramba, mais até do que o meu marido que é magro.
A foto da esquerda é da primeira vez que formos a Nova Iorque e a da direita depois do surto...rs

Então apesar dessas serem as minhas motivações ela não são tão motivacionais assim rs.
Conversando com meu marido, chegamos a uma conclusão que o CONFORTO, pode ser uma grande motivação para mim.

Pois odeio roupa me apertando, odeio sentar em lugares apertados, não gosto de sentar no chão e ficar desconfortável e com dores.

 Em outubro de 2015 tivemos a oportunidade de ir para Nova Iorque e eu estava super empolgada. Quando chegamos no avião e eu fui sentar minha bunda quase não coube, foi horrível, me senti muito mal por isso, e além disso os "braços" do assento me machucavam e o cinto não fechava 😢
Foi uma viagem do capeta.
Passamos 9 dias por lá, curti muito, amei cada dia e cada detalhe, mas só pensava no sufoco da volta.

Um mês depois que havíamos voltado, surgiu a oportunidade de voltar em fevereiro. Daí eu surtei!!
Conversei com meu marido e ele me ajudou e eu consegui focar e perder alguns quilinhos, que dá pra notar na segunda foto.
Nossa!! A viagem foi tão mais tranquila.
Então, notamos que toda vez que a calça do meu uniforme aperta, que a blusa que mais amo amarra no meu braço e essa viagem (umas das coisas que mais amo na vida é viajar) que me fez surtar, eu pego na firme na dieta e sigo por um bom tempo.

Então, iremos trabalhar nessa motivação.

E apesar dos desafios, que não estão sendo fáceis, dos resultados que estão sendo morosos, eu agradeço pelo marido que tenho, por eu nunca ter desistido de mim, apesar de tudo e por mesmo sendo gordinha eu me amar, me aceitar e ter alguém ao meu lado que me ama e me aceita.

Bom gente é isso. Só pra não deixar vocês no vácuo dos meus 100 dias mais saudável, não estava atualizando muito esse assunto, porque nada novo tava acontecendo. 

💋

PS: Acho importante dizer isso.
Meu marido gosta das gorditas, ele esta me ajudando pois é meu desejo, pelas dores que sinto e pela minha saúde. Então meninas gordinhas, que tem um namorado, amigo, marido, companheiro que não te respeita, que diz que você esta feia porque esta acima do peso, bota ele no lugar dele e ame-se acima de tudo e de todos.

















Share:

4 comentários

  1. Eu emagreço bastante sempre que retiro os carboidratos da minha alimentação e fazer exercícios também ajudam a acelerar o metabolismo.bjssss e continue firme

    ResponderExcluir
  2. kkk Ri com você! Viagem do capeta, foi demais. Tem mesmo que ter uma motivação para emagrecer e pelo visto também pode ser a possibilidade de fazer novas viagens. Viajar é tudo de bom, não é? Você consegue! Minha maior dificuldade é com os doces. Acabo de almoçar ou jantar e sinto que tem que ter um docinho. Vamos em frente! Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Oi também vivo na luta a emagrecer, graças a Deus meu marido me ama e me respeita muito como sou, eu que me sinto incomodada e busco sempre melhorar minha saúde, até pela questão das dores que você também citou, pois sinto dores na coluna e emagrecer torna isso muito mais fácil no último ano eliminei 10 quilos porém ainda vou eliminar mais 10 e no meu caso a maior motivação é me sentir bem comigo mesma e poder escolher as roupas que gosto e não usar as que me cabem rsrs. bjs

    ResponderExcluir
  4. É interessante ler seu texto e pensar a respeito disso, você se ama como é, seu marido te aceita e te respeita independente de peso; mas sua decisão de emagrecer está relacionada com a sociedade e a forma como pessoas acima do peso são tratadas, porque é inadmissível que você tenha que emagrecer para se sentir mais confortável em uma viagem de avião, por exemplo. É algo a se pensar, em como as pessoas são tratadas de acordo com seu peso e sua aparência. Espero que você se sinta bem, independente do lugar onde esteja.

    http://lenabattisti.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Vamos colecionar momentos