BEDA#13 - Dia dos pais e minha gratidão

Hoje é dia dos pais e só posso ter gratidão pelo pai que tive, e pela família que construímos, cada uma com o seu par, seguindo o fluxo natural da vida!!

Meu pai, não foi um homem fácil, era vento, tempestade e ao mesmo tempo calmaria de um dia de sol e céu azul!! 
Era temperamental, teimoso e de um carisma sem igual, inteligente de um jeito que só ele sabia ser, conquistava todo mundo com suas brincadeiras e adorava dançar.
Infelizmente, eu acredito, que a sua teimosia o levou antes do tempo, com certeza ainda poderia estar aqui, curtindo a família, curtindo os netos. Mas não foi assim o desejo dele, ou de Deus, eu de quem quer que seja. 
Infelizmente ele deixou que a bebida o consumisse, que levasse sua alegria e a sua razão, quando resolveu deixar a bebida de lado, já não dava mais tempo.
Mas pensando no tempo que vivemos juntos, tenho que agradecer pela pessoa que sou hoje. Você sempre me mostrou a realidade da vida, sempre jogou limpo, sempre cuidou de nós.
Não posso reclamar da minha infância, muitos passeios, muitas viagens, muitas risadas. Se hoje sei nadar, você que me ensinou, se gosto de ler, você que me incentivou, se ouço boas músicas, aprendi com você, se tenho molejo pra dançar, foi nos seus braços que aprendi os primeiros passos.
Você não me ensinou só a ser educada, sentar com bons modos, mastigar de boca fechada. Você me ensinou a me defender quando necessários, se algum menino mexesse comigo, era pra sentar a mão, se tivesse um pau era pra bater nas pernas, nunca na cabeça hahahaha, se necessário fosse, botasse a boca no mundo e busca de socorro.
Você não sabe, nunca te contei, mas foi assim que um dia com meus 12 anos mais ou menos me livrei de um assédio e até hoje sou assim, se estou certa, defendo meus direitos com unhas e dentes.
E por você que sou assim, essa pessoa independente, só não consegui puxar a sua meticulosidade a sua organização.


E você escolheu a mulher perfeita para ser sua parceira e minha mãe :)


Me lembro bem quando você comprou o primeiro carro da família, lembro até hoje da placa do fuscão. E quantas viagens fizemos nele heim!! Você adorava dirigir e quase todos os fins de semanas estávamos na estrada conhecendo algum lugar novo. 


Uma de nossas viagens de férias a Angra dos Reis. Trinta dias de sofrimento, calor e diversões sem fim, momentos que nunca irei esquecer na minha vida.



Meus avós, meu pai e minha tia madrinha


E a família linda da minha irmã.

Hoje é dia dos pais, mas na verdade tenho gratidão ao meu pai e minha mãe e por toda família que veio antes deles e os que vieram depois.










Share:

4 comentários

  1. Que linda homenagem... eu acredito que as tempestades são assim... elas aparecem do nada e vão embora deixando rastros por onde passaram.

    bacio

    ResponderExcluir
  2. Bela homenagem!
    Uma semana ótima prá ti.
    Sônia

    www.lugaresdicasecuriosidades.com

    ResponderExcluir
  3. Pai é pra sempre, aqui ou do outro lado da vida. O meu tb foi cedo demais. Fica a saudade e a certeza de um reencontro!

    Boa semana =)

    beijossssss

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Muito bonito de se ver pais que assumem seus filhos!
    Seja muito feliz e abençoada!
    Bjm de paz e bem

    ResponderExcluir

Vamos colecionar momentos